O Dia Internacional da mulher está ganhado cada vez mais importância no Brasil, estendendo-se até para o mês todo, assim março é chamado de Mês da Mulher. Tradicionalmente, o varejo inclui a data ao calendário como uma oportunidade de criar ofertas especiais para atrair e engajar o público feminino

 

Apesar do cenário para as mulheres ainda ser muito desafiador, as mudanças na mentalidade coletiva e evoluções na sociedade, aos poucos estão abrindo um novo espaço para as mulheres no mundo. Apesar da representatividade da mulher no mercado de trabalho continuar mais baixa, de acordo com um estudo feito pela Nielsen, 96% das compras domésticas são feitas por elas, que destinam mais de 20% da sua renda para o lar. 

 

O estudo ainda mostrou que o principal atributo no momento de escolher marcas é o custo-benefício, seguido por experiência de compra, revelando uma tendência de que as mulheres estão mais exigentes em seu consumo e buscam produtos e marcas que ofereçam não apenas preço, mas entrega de valor.

Perfil das consumidoras brasileiras

Como dito acima, as consumidoras brasileiras buscam mais do que um bom preço, experiências relevantes durante suas compras, especialmente as da Geração Z (13 a 25 anos) e as Millennials (26 a 45 anos), que são mais abertas a experimentar novas marcas e tendem a ter um hábito de consumo mais consciente, dão preferência aos produtos mais saudáveis e que ajudam a diminuir os impactos negativos no meio ambiente.

Preparando sua marca para o Dia Internacional da Mulher

Antes de criar ofertas, combos, brindes, sorteios e ações para o dia 8 de março, é preciso entender o que as mulheres realmente desejam e claro, lembrar do real sentido e importância desta data, que é um símbolo da luta feminina pelo respeito, pela igualdade e liberdade, marcada pelo protesto conhecido como “Paz e Pão” que aconteceu em 8 de março de 1917, quando aproximadamente 90 mil operárias russas foram às ruas protestar contra o Czar Nicollau II, por conta das péssimas condições de trabalho, a fome e a Guerra.

Confira a seguir 5 ideias para aproximar sua marca do público feminino neste Mês da Mulher:

  1. Crie anúncios próximos da realidade que as mulheres vivem e que geram empatia

O estudo feito pela Nielsen em 2019, ainda mostrou que as mulheres esperam anúncios publicitários que reflitam mais da sua vida real e fujam dos antigos estereótipos. 

 

  1. apoie causas femininas

Muitas marcas já entenderam a importância da responsabilidade social. Uma empresa que apoia causas de forma genuína e transparente, é capaz de conquistar a fidelidade e a empatia dos clientes. Saiba aqui como seu e-commerce pode apoiar causas femininas através da campanha #mulheresquecausam.

 

3. Use o poder das redes sociais

Que tal aproveitar recursos como lives, enquetes, hashtags e etc para promover discussões relacionadas ao empoderamento feminino, por exemplo? Há muitos temas para gerar engajamento como: saúde, carreira, maternidade, superação, entre outras. Se você é do segmento de moda, pode criar dicas de imagem pessoal e de como identificar seu estilo além dos padrões. 

Uma ótima estratégia é convidar influenciadoras e blogueiras que tenham afinidade com o seu público para abrir debates sobre o assunto. 

 

  1. Personalize o envio do pedido

Aproveite o mês da mulher para surpreender também no momento da entrega! Como você pode entregar mais do que o esperado? Pense em como você pode tornar o dia das suas clientes ainda melhor. Aqui vai um exemplo: se o seu e-commerce apoia uma causa social, compartilhe essa prática com suas clientes, mostrando que aquela compra impactou de maneira positiva a sociedade. 

  1. Oferta ou produto surpresa

Estabeleça uma oferta nunca utilizada antes, lance um produto ou serviço especial para mulheres nesta data. Antes disso, escute suas clientes, quais são os pedidos ou perguntas mais frequentes? Aproveite para lançar algo que seu público vem pedindo há muito tempo. Gere expectativa através dos seus canais de comunicação ou criando uma lista de espera exclusiva para este lançamento através de e-mail marketing. Quanto antes você iniciar, mais interessadas você vai conquistar.

 

Gostou das dicas? Ainda dá tempo de fazer um dia da mulher diferente no seu e-commerce! Fuja do comum e elabore ações que realmente engajam, valorizam e impactam positivamente o mundo feminino. Só assim você poderá criar conexão verdadeira com suas clientes!

 

Sobre a autora: Fernanda Mello é Coordenadora de Marketing do Polenuma fintech curitibana, que conecta empresas e causas, facilitando o apoio social corporativo e gerando recursos para instituições de impacto social de um jeito simples, automático e transparente. Fernanda é formada em Publicidade e Propaganda e não dispensa a oportunidade de explorar novos mercados, culturas e tendências.